Blog

Blog

Somos adultos, porque você não quer nos adotar?

O sonho de muitas pessoas, de todas as idades, é ter um cãozinho ou gatinho. Para algumas dessas pessoas, adotar é a melhor opção, para nós também, já que o ato de adotar um animal carente contribui para diminuir o número de cães e gatos abandonados na rua.

Dado esse primeiro, e importante, passo, o seguinte é: quero um filhote ou animal adulto? A grande maioria dos adotantes procura um filhote e entendemos essa decisão. Um filhote é fofinho, brincalhão, mais ativo e desperta o instinto paterno e materno dentro de nós.

O que ninguém pensa antes de adotar um filhote é que ele é mais desobediente, ainda não sabe onde fazer xixi e coco (no caso de cães), vai precisar de muito mais atenção, vai destruir chinelos, meias, móveis. Ou seja, você terá que ter tempo para ensina-lo e adestra-lo. Ele precisará de muitos exercícios e brincadeiras para que se desenvolva corretamente. Precisará socializar com pessoas e outros animais. Então é preciso pensar: TEREI TEMPO PRA TUDO ISSO?

Se sua resposta for “não sei”, é melhor adotar um animal adulto.

E HÁ OUTRO DETALHE IMPORTANTÍSSIMO: É IMPOSSÍVEL SABER O TAMANHO QUE UM FILHOTE FICARÁ.

É bom ter em mente, também, que aquela bolinha de pelos fofinha que te conquistou, em pouco tempo será um adolescente. Sua carinha irá mudar, o formato das orelhas, os pelos, o tamanho. Será que ficará do jeitinho que você pensou? Claro que, para adotantes responsáveis, essas mudanças não afetarão em nada o amor que sente por eles, mas há pessoas e pessoas, não é?

POR QUE DEVO ADOTAR UM CÃO ADULTO?

Podemos chamar um cão de adulto quando ele está entre um ano e meio e três anos, antes disso, ele estará na adolescência e continuará exigindo uma atenção maior de seu adotante. Passado esse tempo, o comportamento do animal já fica mais previsível, ou seja, você saberá exatamente o que irá enfrentar.

Isso é muito importante, principalmente, se você nunca teve um cachorro ou se não tiver tempo para todo o treino, socialização e exercícios que um filhote exige. Além disso, sua carinha não irá mudar com o tempo, você sabe exatamente o que está adotando, seu temperamento. Mesmo assim, saiba que o bichinho está chegando em um ambiente estranho, então ele poderá ficar um pouco mais acanhado que um filhote, mas é temporário. Rapidamente ele entenderá que essa será sua nova casa e ficará mais à vontade.

Também não fique pensando que um animal adulto não se ligará a você como um filhote. Isso não passa de lenda. Um animal adulto tem mais noção da situação em que se encontra do que você pode imaginar e será eternamente grato a você por ser adotado. Eles se adaptam rapidamente, alguns em poucos dias, outros em alguns meses, outros carregarão marcas do que passaram por toda a vida. Mas todos se integram à sua nova família, basta respeita-los, basta dar carinho e atenção e trata-los como são: cães ou gatos.

Se você não pode adotar, nos ajude a manter o abrigo.
Faça uma doação para:
Nominal: Marcelo da Silva Vieira
Banco Itaú, Agência 1664, conta poupança 23418-2/500
Bradesco, Agência 1262, Conta: 673-4
Caixa, Agência 4074, Operação 013, Conta poupança 14.808-0

©2018 Marcelinho Protetor. Todos os Direitos Reservados.

Search